Gabriela Schreiner – Diretora técnica

  • Formada em Matemática/PUC/Brasil/SP e em Ciências Sociais com especialização em Gênero e Políticas Públicas/FLACSO/Argentina.Consultora independente para assuntos relativos à família, gênero, direitos das crianças e adolescentes e políticas públicas no Brasil e outros países da América Latina.
  • Tutora docente do seminário de especialização “Infâncias e Gênero” da FLACSO e do Programa de Formação presencial e virtual “Desenvolvimento e políticas locais com enfoque de gênero e direitos humanos” uma parceria de ONU Mulheres e FLACSO Argentina (2012/2013).  
  • Com mais de 17 anos de experiência em capacitação e assessoria técnica de equipes multiprofissionais que trabalham com famílias em risco.
  • Foi diretora executiva de organizações da Sociedade Civil de Interesse Público e responsável pela área de Planejamento e Controle de Gestão de empresas privadas de grande porte.
  • Consultora do Instituto Interamericano da Criança e do Adolescente, órgão especializado da OEA, para projetos interamericanos de família (2006).
  • Consultora para projetos de gênero e adoção do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, PNUD, Peru (2008). Consultora para pesquisas e projetos do sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes e acolhimento institucional do Programa das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, Peru (2008/2009).
  • Mestranda da FLACSO/Argentina em Gênero e Políticas Públicas, onde desenvolve a pesquisa Equidad de Género y Políticas Públicas para familias en América Latina. Supuestos y prácticas en Peru y Brasil.” Cujas unidades brasileiras de pesquisa são os Centros de Referência em Assistência Social, CRAS .
  • Autora da obra: “Por uma cultura da adoção para a criança?” e co-autora dos livros “101 Perguntas e Respostas sobre Adoção, 101 “Perguntas e respostas sobre Abandono e Institucionalização” (2002), "Dialogando com Abrigos” (2004) e “101 Perguntas e respostas sobre Reintegração Familiar” (2005), “Caminhos para a cidadania. A experiência do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, CREAS, do Município de Rio Claro, SP, na garantia dos Direitos Humanos” (2013) - além de diversos textos e artigos.