------------   NOVO CURSO!    ------------

Capacitação para o enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes para Conselhos Tutelares

 Objetivo geral: Facilitar a compreensão das violências a partir de uma perspectiva ecossistêmica que favoreça as intervenções no âmbito dos Conselhos Tutelares.

Objetivos Específicos:

  1. Aproximar o olhar às questões da violência contra crianças e adolescentes de tal forma a facilitar a análise das situações.
  2. Apresentar indicadores cientificamente validados que ajudem a perceber e avaliar as situações de violência.
  3. Proporcionar espaços para pensar e repensar casos concretos para definir as melhores medidas e elaborar as mais adequadas rotas de atuação.
  4. Refletir sobre o trabalho em rede, os momentos e formas de agir em conjunto frente a dinâmicas violentas.

Público: Conselheiros e Conselheiras tutelares e profissionais do Sistema de Garantia de Direitos.

Carga horária: 32 horas /aula

Metodologia: Aprendizagem experimental para o desenvolvimento de competências para a observação e ação em situações de violência contra crianças e adolescentes.

  • Redefinindo as violências contra crianças e adolescentes
  • Identificando situações de violência
  • A atuação do Conselho Tutelar em Rede: limites e possibilidades

Em cada encontro de 8 horas haverá o estudo de um caso prático, de tal forma a exercitar os conteúdos e propor caminhos

Este curso pode ser contratado por um município ou por um consorcio de municípios.

Quantidade máxima de 35 participantes por turma.

Leve o curso para o seu município, informações : capacitacao@conscienciasocial.net

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Supervisão para Conselhos Tutelares em casos de suspeita ou comprovação de violência contra crianças e adolescentes

Pré-requisito para supervisão: que os conselheiros/as tenham feito o curso de capacitação em violência contra crianças e adolescentes para conselheiros tutelares

Objetivo Geral

Favorecer espaços de reflexão conjunta a respeito das percepções, interpretações e ações possíveis em casos concretos em acompanhamento no respectivo Conselho Tutelar

Metodologia

Os/as conselheiros responsáveis pelos casos apresentam as situações a partir do relato do observado, do já realizado e das respostas dadas pela família e pela Rede (caso esta já tenha sido acionada).

A partir do diálogo se construirão diferentes possibilidades de perceber as situações e de rotas de ação, de tal forma a facilitar que os conselheiros e conselheiras possam escolher a mais adequada em cada caso.

Neste espaço serão tiradas dúvidas e se oferecerão sugestões de leituras e aprofundamento de conteúdos de acordo com a necessidade das situações apresentadas.

A supervisão poderá ser feita totalmente presencial, ou semipresencial. Nesta segunda opção, serão necessários, pelo menos dois encontros presenciais para ajuste de metodologia, para depois avançar em supervisão à distância.

Para realizar a supervisão à distância será necessário que o Conselho Tutelar tenha acesso a um computador (com sistema de áudio e comunicação em funcionamento) e conexão à internet, com capacidade para conexão de qualidade via Skype e outras mídias de comunicação.

 Saiba mais informações : contato@conscienciasocial.net

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Curso para equipes de CREAS que trabalham com violências:

Curso avançado de capacitação em violências                                         

Objetivo geral: Aprofundar o conhecimento sobre violência dentro de uma lógica ecossistêmica, oferecendo ferramentas para sua compreensão e intervenção, a partir de reflexão do/a operador/a como sujeito na relação de acompanhamento, dando caminhos para o cuidado e o autocuidado.

Público: Coordenação e equipes técnicas psicossocial do CREAS, profissionais da responsáveis pelo Monitoramento e Supervisão da Secretaria Municipal de Assistência Social, equipe técnica de gestão e demais profissionais afins da Secretaria Municipal de Assistência Social. Neste curso poderão ser incluídos profissionais de nível superior do SUAS e SUS que trabalham com indivíduos e famílias que enfrentam situações de violência.

Carga horária: 120 horas /aula

Conteúdos:

  •  A relação profissional – trabalho - temática
  • O impacto do trabalho com violência
  • O trabalho em equipe
  • Cuidando do cuidador
  • Técnicas de autocuidado
  • Modelo ecológico de desenvolvimento humano
  • Apego e desenvolvimento humano
  • Influências do macro contexto: percepções de gênero e geração, cultura.
  • História da violência  à evolução histórica, contextualização
  • Caminhos para promover uma cultura de paz e bom trato
  • Leitura ecossistêmica das violências: indicadores e caminhos de intervenção.
  • O trabalho com os atores da violência: limites e possibilidades
  • Identificando competências para o cuidado na perspectiva de bom trato
  • Identificando e promovendo a resiliência com indivíduos e famílias

Observação: este curso fixa as bases para a elaboração ou revisão de um glossário técnico comum das equipes e, principalmente, aborda os conteúdos teóricos e práticos para a elaboração de um instrumento que reúna o consenso da equipe nas avaliações da gravidade das situações de risco e desproteção.

Saiba mais: capacitacao@consciênciasocial.net

Conheça os cursos disponíveis em Cursos de Capacitação